O defesa central argentino mostrou disponibilidade para jogar frente ao Vitória de Guimarães, no próximo sábado, depois de ter recuperar de uma lesão no tornozelo direito. Garay teceu ainda elogios a Luisão, com quem se sente confortável a jogar e não se mostrou impressionado com a goleada do FC Porto.

«Estou melhor. Sinto-me bem e estou preparado para jogar, mas o treinador é que decide», começou por dizer Ezequiel Garay à margem de um evento em Almada de promoção do "Red Pass".

Sobre a possibilidade de poder vir a ser poupado por Jorge Jesus para o jogo com o Manchester United, Garay responde que trabalha sempre para jogar, independentemente do adversário.

«Todos os jogadores querem sempre jogar e ajudar a equipa. Se o técnico me colocar em campo com o V. Guimarães, estou à sua disposição», adiantou.

Garay adaptou-se bem ao clube da Luz e rapidamente conseguiu um lugar ao lado de Luisão no eixo da defesa. Para o internacional argentino é «fácil jogar» ao lado do central brasileiro.

«Sinto-me bem ao lado dele. É um jogador magnífico. Luisão torna as coisas mais fáceis em campo», confessou Garay.

O SL Benfica perdeu a liderança do campeonato para o FC Porto, que ontem goleou o União de Leiria por 5-2 no jogo em atraso da 3.ª jornada. O central benfiquista não ficou impressionado com o rival do norte pois considera que em Portugal todas as equipas vão ser complicadas.

«FC Porto? Não estou impressionado porque todos os adversários são difíceis. O que temos de fazer é preocuparmo-nos com o nosso trabalho», referindo ainda que duelo com o Vitória de Guimarães é mais um jogo para ganhar.

«É mais um jogo para ganhar, mas será difícil, pois a Liga Portuguesa é complicada», disse o central argentino.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.