Francisco Geraldes pode estar muito perto de seguir o exemplo de Rúben Semedo na última temporada. O médio ligado ao Sporting está emprestado ao Moreirense, mas, de acordo com o jornal O Jogo, o clube leonino tem a opção de encurtar o empréstimo para que Geraldes se junte à equipa principal.

O regresso do médio português está, no entanto, dependente das movimentações do Sporting no mercado de transferências. Marcelo Meli, Petrovic e Elias estão na porta de saída e, caso se confirme as ausências, Francisco Geraldes é o eleito para suceder no meio campo leonino.

O caso de Elias é o que menos problemas deve dar à direção de Bruno de Carvalho. O médio brasileiro tem mercado na China e deve rumar para a Ásia depois de ter chegado esta temporada a Alvalade. No caso de Petrovic, a solução em cima da mesa passa por um empréstimo enquanto Meli, que não convenceu Jorge Jesus, deverá ver o seu empréstimo encurtado e regressar à Argentina.

Fazer regressar um jogador de empréstimo mais cedo não é inédito na equipa de Jorge Jesus. Na temporada passada, Rúben Semedo esteve emprestado ao Vitória de Setúbal durante a primeira metade da época e regressou ao clube leonino para cumprir a segunda metade. Em Alvalade, o central assumiu-se como um dos titulares indiscutíveis para o técnico leonino.

Francisco Geraldes soma 14 jogos pelo Moreirense no campeonato e já marcou um golo com a camisola da equipa orientada por Augusto Inácio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.