O Gil Vicente confirmou esta quarta-feira a saída de Rui Almeida e respetiva equipa técnica. "O Gil Vicente Futebol Clube comunica que chegou a acordo com o treinador Rui Almeida e sua equipa técnica para a rescisão do vínculo contratual entre as partes", pode ler-se numa nota publicada nos canais digitais do clube de Barcelos.

Em jeito de despedida, o clube deixa um agradecimento ao trabaho desenvolvido pelo técnico de 50 anos. "O Gil Vicente FC agradece a Rui Almeida e ao seu staff Técnico o empenho e a dedicação com que serviram o nosso clube e expressa ainda os votos das maiores felicidades para o futuro", acrescenta a mesma nota.

Rui Almeida estava na sua primeira experiência ao leme de um clube do escalão principal do futebol português, depois de ter passado pelo leme de formações francesas como o Caen (2019/20), o Troyes (2018/19), o Bastia (2016/17) e Red Star (2015/16 e 2016/17). Foi ainda adjunto de Jesualdo Ferreira no Panathinaikos (2012/13), Sporting (2012/13), Sp. Braga (2013/14) e Zamalek (2014/15), tendo igualmente orientado os sub-23 da Síria, entre 2010 e 2012.

Ao comando do Gil Vicente, onde chegou no início da presente época, somou apenas uma vitória em sete jogos, tendo perdido os últimos quatro e não vencido nenhum dos últimos seis. Deixa o clube na penúltima posição da tabela classificativa, com pontos.

Ricardo Soares, que recentemente deixou o leme do Moreirense, vem sendo apontado como provável sucedor de Rui Almeida no Gil Vicente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.