Guedes, avançado do Rio Ave, equipa que milita na I Liga portuguesa de futebol, pediu hoje desculpas ao clube, técnicos e companheiros de equipa pela "atitude irracional" na partida da 30.ª jornada do campeonato, frente ao Tondela.

Nesse jogo, o atacante desrespeitou a decisão do treinador Miguel Cardoso e assumiu a marcação de uma grande penalidade, que acabou por falhar, recebendo imediata ordem de substituição, aos 40 minutos da contenda.

Rio Ave: Guedes falhou uma grande penalidade 'à Panenka' e foi substituído
Rio Ave: Guedes falhou uma grande penalidade 'à Panenka' e foi substituído
Ver artigo

Guedes, que hoje, por decisão técnica, não integrou os trabalhos da equipa, pediu, antes do treino, no balneário, desculpas ao restante plantel, tendo também gravado uma mensagem pública, divulgada no site do clube, a redimir-se pela atitude.

"A equipa não saiu beneficiada com a minha atitude, foi irracional, sou humano e deixei-me levar pelos sentimentos. Errei, e peço desculpa, e vou continuar a trabalhar e dar tudo pela equipa e pelo clube", disse o jogador, de 31 anos.

Além de pedir desculpa "aos sócios, simpatizantes e instituição", Guedes dirigiu uma palavra especial ao treinador Miguel Cardoso.

"Não segui o planeamento estabelecido pelo líder da equipa, peço desculpa por isso, assim como pelo momento menos bom que tive quando fui substituído. Reagi mal, o que não é comum em mim. Estava chateado por ter falhado o penálti, foi no calor do jogo", desabafou.

Precisamente sobre a forma como bateu a grande penalidade, rematando à Panenka', o atacante "garantiu que a intenção era mesmo marcar e não brincar com a situação", confessando que até tinha "motivos sentimentais para marcar golo", num desafio èm que completava 100 jogos pela formação vila-condense.

Guedes reconheceu que "os interesses do Rio Ave estão acima de tudo e todos" e deixou uma promessa aos adeptos e grupo de trabalho.

"Continuarei a ser o mesmo Guedes, que ajuda a equipa e dá tudo pelo clube, vou dar o máximo por este emblema", afirmou.

O avançado decidiu assumir a marcação da grande penalidade, ainda na primeira parte, quando a equipa estava a ganhar por 1-0, mas o Tondela acabaria chegar ao golo do empate, conseguindo que o 1-1 prevalecesse até ao final do desafio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.