Dias da Cunha, antigo presidente do Sporting, acusou as equipas de arbitragem portuguesas de terem "uma tremenda má vontade" contra o Sporting.

"Há uma tremenda má vontade do conjunto dos árbitros em relação ao Sporting e considero-me responsável por isso. O facto de ter feito as denúncias que fiz como presidente do Sporting acabaram por prejudicar e isso manifesta-se na forma como os árbitros prejudicam o clube", disse o antigo dirigente aos microfones da Antena 1.

Sobre o estado atual do futebol português, Dias da Cunha lamentou ainda que pouco tenha mudado desde que deixou o Sporting. "A palavra 'sistema' surgiu comigo, não foi intencional, mas foi a palavra que usei para descrever o que se passava na altura. A esta distância tenho o 'feeling' que as coisas continuam na mesma", rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.