Helton deixou, na passada terça-feira, de ser jogador do FC Porto, tendo sido dispensado do plantel por Nuno Espírito Santo.

"Tivemos oportunidade de nos sentar e conversar. Tentámos perceber as condições e gostei da frontalidade com que o míster Nuno conversou comigo. Achei que foi feito de uma forma transparente. Agradeço-lhe ter feito isso", disse Helton.

"Não tive problemas em sair, porque faço-o de cabeça erguida, embora triste, porque sempre pensei em ajudar o meu clube. Foi um pouco surpreendente, mas encarei da melhor forma. Se a minha ausência vai ajudar o FC Porto a ser campeão, é o que eu quero também", acrescentou.

Helton referiu apenas que gostaria de ter conversado mais cedo com o treinador: "Perante a relação que tenho com o clube, poderia ter-se conversado antes”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.