A este lote de lesionados junta-se ainda Ouattará, que tem um jogo de castigo para cumprir.

A onda de lesões que assolou a formação da Naval deixou o treinador Augusto Inácio apenas com 20 jogadores disponíveis, sendo três deles guarda-redes, para a deslocação ao reduto do Nacional.

Desta forma, Augusto Inácio não precisa de pensar muito para elaborar a convocatória, já que o quadro se apresenta relativamente fácil no que toca a opções, devendo apenas ficar de fora da convocatóiria um dos guarda-redes.

Nacional e Naval 1.º de Maio defrontam-se sábado, pelas 17:00, no Estádio da Madeira, partida que será dirigida pelo árbitro Jorge Tavares, de Aveiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.