Vice-presidente com o pelouro do futebol sénior no Olhanense durante mais de duas décadas, Isidoro Sousa chegou à liderança do clube algarvio em 2007, substituindo Carlos Nóbrega, partindo agora para o terceiro mandato no cargo.

«O nosso objectivo prioritário para os próximos dois anos passa pela sustentação desportiva do clube na Liga, assim como fazer face às despesas relativas ao forte investimento que fizemos no Estádio José Arcanjo e que vamos continuar a pagar, permitindo manter este emblema financeiramente estável», disse o dirigente à agência Lusa.

O próximo mandato vai também coincidir com as comemorações do centenário do clube, em Abril de 2012, e após as eleições vai avançar a criação de uma comissão para definir as actividades comemorativas da efeméride.
«Já em 2007, quando cheguei à presidência, tínhamos esse sonho – comemorar o 100.º aniversário com o clube na Liga –, o qual se deve concretizar, embora matematicamente ainda não esteja assegurada a manutenção», ressalvou Isidoro Sousa.

O presidente do clube revelou que um dos grandes objectivos do centenário «passa por fazer tudo para trazer a Olhão o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva», reconhecido adepto do emblema ‘rubronegro’, do qual é, aliás, sócio honorário.

A equipa de vice-presidentes vai manter-se e Filipe Ramires e Eduardo Cruz vão continuar a liderar, respectivamente, a mesa da Assembleia-geral e o conselho fiscal do clube.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.