Marat Izmailov já corre com bola e o regresso à competição já não deve tardar, prevendo-se esse retorno dentro de quinze dias.  O russo foi operador a uma tendinite no tendão rotuliano do joelho direito, a 20 de Julho, não tendo iniciado esta época.

Por esse motivo, e segundo o Record, não quer receber os meses de Agosto, Setembro e Outubro. Conhecido pela forma rigorosa como encara a profissão, Izamilov está determinado a abdicar dos vencimentos referentes a estes meses, período em que não jogou e esteve em recuperação. Esta atitude é vista pelo clube como mais um exemplo de profissionalismo do jogador, que aufere cerca de 60 mil euros/mês.

Mas desde a operação, este valor tem sido assegurado pela entidade que detém os seguros de saúde do plantel  (o clube mantém a sua obrigação contratual, mas é ressarcido a 100 por cento quando o atleta recebe alta).

Esta não é uma situação única. Fernando Redondo esteve dois ano e meio parado devido a uma grave lesão no joelho e resolveu abdicar dos cerca de 3 milhões que recebia do AC MIlan. O argentino foi mais longe ao querer devolver a casa e o carro que o clube lhe disponibilizou, mas Berlusconi negou e elogiou, publicamente o médio pela atitude.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.