O tenista sérvio número 1 do mundo do ranking ATP tem uma admiração especial pelo futebol, e em particular pelo Benfica, clube que adoptou em 2007 quando veio a Portugal para participar no Estoril Open.

A participar no torneio emblemático de Wimbledon, Novak Djokovic acabou por comentar a atualidade do futebol encarnado depois de eliminar o alemão Florian Mayer.

Em declarações ao jornal A Bola, Novak Djokovic foi confrontado com a contratação de mais um jogador sérvio, o que elevou para sete o número total de jogadores ao serviço de Jorge Jesus que partilham a mesma pátria do tenista número 1 do mundo.

«Já são sete? Pois, eles estão em contratações. Sigo o futebol e sabia que o Matic jogava lá. Nunca o conheci, mas sei que é um jogador muito talentoso», começou por dizer Djokovic.

«Sigo futebol, é o desporto mais popular em todo o mundo. O Benfica teve uma grande temporada. É uma equipa que tem longa história de sucessos. Quando joguei em Portugal, fui ver um jogo ao estádio (da Luz). Só posso desejar a maior das sortes a toda a equipa», acrescentou o tenista lembrando a sua passagem por Lisboa, a camisola do Benfica oferecida pelo clube e o troféu de campeão que recebeu mas mãos de Eusébio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.