O jovem médio é uma das “pérolas” do clube encarnado e, em três meses de vida na Luz, despertou o interesse de vários clubes na Europa, o que fez com que Luis Filipe Vieira se deslocasse a Madrid para acertar com o empresário do jogador a subida da cláusula de rescisão de 18 para 22 milhões de euros, segundo o Record.

Javi Garcia, que amanhã estará em Braga, no jogo da jornada, voltará a ser uma pedra fundamental na táctica de Jorge Jesus e, apesar de saber quanto vale o Benfica, não deixou de elogiar o adversário.

“O Sporting de Braga é uma equipa forte que está no lugar que está por mérito próprio. Sabemos que vamos ter de trabalhar muito para poder ganhar, mas é essa a nossa ambição”, sublinhou o espanhol.

A atravessar um grande momento na carreira, tal como sucede com a maioria dos jogadores encarnados, Javi Garcia viu o seu trabalho ser reconhecido pelo seleccionador Vicente Del Bosque e uma possível chamada à selecção campeã da Europa pode estar na calha.

“Quero viver o presente e não estar a pensar sempre no futuro. Aquilo que se faz no presente será sempre o futuro”, assumiu, com alguma cautela, frisando que o que mais lhe interessa é “ajudar o Benfica a ganhar”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.