Em setembro, o lateral-esquerdo acertou a rescisão de contrato com o Sporting e deixou o clube de Alvalade. Agora, um mês depois, o brasileiro deu uma entrevista ao jornal 'Record' sobre a forma como saiu do clube.

"Acima de tudo temos de nos sentir bem connosco. Na minha opinião, foi uma falta de respeito o método que usaram, não só comigo, mas também com os outros jogadores", começou por dizer.

Jefferson lembrou ainda que "não esperava" deixar o Sporting assim, "sobretudo para alguém que tinha vários anos de casa, vários títulos, e afastam assim um jogador, sabe-se lá porquê. Dizem-te 'Vais treinar ali, separado'. É uma decisão deles, tenho de respeitar. Nunca faltei a um treino, nunca desrespeitei ninguém, mas cada um faz da maneira como acha melhor".

"Avisaram-me através de uma mensagem para o telemóvel e por email. Ninguém falou diretamente comigo. Não, só enviaram mensagem para ir ver o email e pronto, foi isso", revelou Jefferson.

Jefferson, lateral-esquerdo de 31 anos, chegou ao Sporting na temporada 2013/2014, proveniente do Estoril Praia, e depois de nas primeiras épocas ter assumido a titularidade, acabou por ser emprestado em 2017/2018 ao Sporting de Braga.

Na época passada, Jefferson regressou ao Sporting e foi opção em 22 jogos em todas as competições, mas não entrava dos planos da equipa orientada pelo holandês Marcel Keiser.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.