O avançado venezuelano Jeriel de Santis, oriundo do Caracas, assinou um contrato de cinco temporadas com o Boavista, anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol, que recebe o 20.º reforço para a época 2020/21.

“Foi um pouco complicado chegar cá, por problemas relacionados com o visto, mas agora estou muito contente. Vou dar o máximo. Estou com muita vontade de jogar e marcar golos, de sentir a camisola do Boavista e jogar neste estádio muito bonito”, apontou o dianteiro, em nota publicada pelos ‘axadrezados’ nas redes sociais na Internet.

Jeriel de Santis, de 18 anos, formou-se no Caracas e integrou o plantel sénior que conquistou o torneio de encerramento da Liga venezuelana de 2019, ano em que marcou três golos em três jogos pelo seu país no Campeonato Sul-americano de sub-17.

“É um privilégio ter a minha primeira experiência europeia num clube grande em Portugal. Sou um jogador rápido e goleador. Peço que confiem em mim e prometo que vou dar sempre o máximo. Vai ser uma experiência muito bonita”, afiançou o avançado natural de El Callao, que tinha sido inscrito antes do encerramento do mercado de transferências.

Jeriel de Santis é o 20.º reforço oficializado pelas ‘panteras’ para 2020/21, juntando-se aos guarda-redes Cristian Lima e Léo Jardim, aos defesas Adil Rami, Chidozie, Jesús Gómez, Jorge Silva Nathan Santos, Ricardo Mangas, Jackson Porozo, Reggie Cannon e Yanis Hamache, aos médios Angel Gomes, Javi García, Nuno Santos, Sebastián Pérez e Show e aos avançados Alberth Elis, Jorge Benguché e Musa Juwara.

O Boavista ocupa a 14.ª posição da I Liga, com apenas dois pontos somados em nove possíveis, e vai defrontar o Vitória de Guimarães na quarta jornada, num encontro aprazado para o fim de semana de 17 e 18 de outubro, no Estádio do Bessa, no Porto.emo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.