O técnico do Benfica, Jorge Jesus, fechou a época 2010/2011 como o mais penalizado, entre treinadores e dirigentes, com multas impostas pela Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

O treinador de 56 anos pagou 7500 euros, valor da multa aplicada pelo organismo, após o incidente registado com Luis Alberto, jogador do Nacional, no final do encontro entre lisboetas e madeirenses, da 17.ª jornada da Liga portuguesa.

Jorge Jesus acaba mesmo por pagar mais em multas, do que 11 dos 32 clubes das duas Ligas profissionais, entre os quais o Beira-Mar, que milita na Liga principal.

No segundo lugar do “ranking” surge o director desportivo dos “encarnados”, Rui Costa, que somou 1750 euros, divididos pelas duas coimas, aplicadas após os jogos Marítimo-Benfica e Benfica-Beira-Mar.

O último lugar do pódio foi ocupado pelo treinador do campeão nacional, André Villas-Boas, que acumulou um total de 1590 euros, em consequência dos empates que os “dragões” concederam até à 14.ª jornada.

A expulsão, pelo árbitro Carlos Xistra, em Guimarães, à sétima jornada, custou 250 euros a Villas-Boas, que voltou a ser afastado do banco, em Alvalade, duas rondas depois, por Jorge Sousa, desta feita com uma punição mais elevada (1340 euros).

Nesta hierarquia, o técnico dos “dragões” é seguido pelo preparador físico do Estoril-Praia (Liga de Honra), Marcos Seixas, pelo ex-treinador adjunto do Sporting, Oceano Cruz, e pelo vice presidente da Académica, Luís Guilherme Simões, todos com valores acima dos 1000 euros.

Ainda no “top 10”, encontram-se, entre outros, o treinador do Rio Ave, Carlos Brito, e o ex-técnico do Sporting, Paulo Sérgio, ambos autuados em 1000 euros.

Treinador/Dirigente           Clube               Valor das multas (euros)
--------------------------------------------------------------------------
 1. Jorge Jesus                    Benfica             7500
 2. Rui Costa                 Benfica             1750
 3. André Villas-Boas              FC Porto            1590
 4. Marcos Seixas             Estoril-Praia       1500
 5. Oceano Cruz                    Sporting            1350
 6. Luís Guilherme Simões          Académica           1250
 7. Carlos Jorge                   Marítimo            1000
  . Carlos Brito                   Rio Ave             1000
  . Ernesto Ramalho           Rio Ave             1000
  . Paulo Sérgio                   Sporting            1000
  . Nuno Valente                   Sporting            1000
  . Rodolfo Filipe Aniceto Vaz     União de Leiria     1000
  . Fernando Martins Belo          Olhanense           1000
  . Litos                     Portimonense        1000
  . Fernando Oliveira              Vitórias Setúbal    1000

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.