Pinto da Costa comentou a ida de Jorge Jesus para o Sporting. O líder dos azuis-e-brancos considerou como normal a mudança de Jesus, após seis anos ao serviço das ‘águias’.

À margem da inauguração de uma loja do FC Porto, o dirigente disse não ver qualquer polémica na transferência e realçou ainda o profissionalismo de Jesus ao longo dos anos.

"A alteração do Jorge Jesus de um lado para o outro da circular só deu perturbação no momento em que ia a atravessar. O Jesus é um profissional de futebol, tem todo o direito de escolher o clube que quiser. Foi um profissional que cumpriu com a máxima responsabilidade os anos que esteve nos diversos clubes por onde passou", referiu Pinto da Costa.

O presidente dos ‘dragões’ explicou ainda a necessidade de respeitar a decisão do treinador, bem como a necessidade de mudar.

"Terminou um contrato e escolheu outro clube. Não vejo que isso possa dar perturbação. Ele tem todo o direito. Se os treinadores não pudessem mudar de clube, o Jesus ainda estaria no Amora. Fez uma opção e todos têm de respeitar", referiu ainda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.