"Não basta ser forte tecnicamente e tacticamente, se a minha equipa não for agressiva não sai de lá com os três pontos", alertou Jorge Jesus, na conferência de imprensa de antevisão do jogo na Mata Real.

O técnico "encarnado" considerou o Paços de Ferreira um adversário "forte e muito complicado no seu estádio" e lembrou que o rival FC Porto "já lá perdeu dois pontos esta época".

"Isso demonstra que amanhã (segunda-feira) vai ser um jogo difícil, mas tal não invalida que queiramos os três pontos. Queremos continuar a onda de vitórias no campeonato", disse.

Jorge Jesus mostrou-se ainda satisfeito com a renovação de contrato de Di Maria e desvalorizou a ausência no encontro de segunda-feira do argentino, do compatriota Aimar e do uruguaio Maxi Pereira, que estão ao serviço das respectivas selecções nacionais.

"Sabíamos que, face às selecções, iríamos perder alguns atletas. Embora tenha perdido três jogadores, recuperámos os outros com mais um dia e a equipa poderá beneficiar disso", adiantou.

O clube da Luz, segundo classificado da Liga, procura segunda-feira, frente ao Paços de Ferreira, reduzir a desvantagem de cinco pontos para o líder Sporting de Braga, numa partida agendada para as 20:15 e que encerra a sétima jornada da prova.

O encontro será arbitrado por João Ferreira, de Setúbal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.