Jorge Jesus recordou o golo de Kelvin, no Estádio do Dragão, na época 2012/13, confessando que ainda hoje lhe faz confusão.

"Ainda hoje penso no que aconteceu, aquela jogada que dá o empate não lembra… É quase impossível aquilo acontecer! O futebol tem impossíveis. Isto não tem lógica nem é uma ciência exata", começou por dizer o português, atualmente no Flamengo, à BTV.

Nesse ano, o Benfica perdeu no campo rival a liderança, a uma jornada do fim do campeonato, e a equipa de Vítor Pereira viria a conquistar o título de campeão nacional.

Jorge Jesus falou ainda do célebre jogo dos Eusébios, em 2013/14, na semana em que o grande ídolo da história do Benfica morreu.

"Foi uma semana de tristeza. O maior ídolo do futebol português e do Benfica tinha desaparecido e criámos o objetivo de querer ganhar mais esse campeonato para lhe dedicar. Tivemos uma alma muito forte, como se viu logo nesse jogo com o FC Porto. Essa equipa correu até não poder mais", lembrou Jesus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.