O Benfica recuperou de duas desvantagens e conquistou um ponto no reduto do campeão FC Porto (2-2), no encontro inaugural da sexta jornada da Liga portuguesa de futebol.

O treinador do SL Benfica, Jorge Jesus, mostrou-se satisfeito com o resultado obtido no reduto do rival e considerou o empate «justo» pelas oportunidades criadas por ambas equipas.

«Não é mau, é um resultado que me satisfaz mais a mim que ao Porto, porque jogámos no Dragão. Se fosse na Luz era igual. Pelas oportunidades penso que o resultado acaba por ser justo. O Porto foi melhor na primeira parte e nós mais fortes na segunda. Nos últimos 20 minutos fomos mais consistentes e mais rápidos, e senti que a equipa do Porto já não estava tão bem», disse no flash interview da Sport TV.

Jorge Jesus realçou ainda o facto da dupla recuperação dos encarnados no marcador e considerou que nenhuma das equipas está em vantagem pontual e anímica.

«Não pensei que ia-mos perder, mas estivemos sempre por baixo e a ter de recuperar de umas desvantagem no marcador, por isso tive de ser sempre eu a partir em busca do resultado e de formas de dar a volta. E foi isso que conseguimos com a entrada do Bruno César e do Saviola, começamos a ter mais bola e foi o nosso melhor período. Podíamos ter partido para o ataque com mais qualidade, mas os passes não saíram da melhor forma. É um empate que nada muda. Se alguém ganhasse teria vantagem, pontual e anímica, mas assim nenhuma equipa pode dizer que está em vantagem», afirmou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.