O português João Carlos Pereira vai abandonar o Ermis, da Liga cipriota em futebol, e quer regressar a Portugal para dirigir um clube que esteja afastado da crise desportiva ou financeira, anunciou hoje a assessoria de imprensa do treinador.

«Não renuncio à hipótese de continuar neste país [Chipre]. Mas, claro, também continuo focado num eventual regresso a Portugal, porque é o meu país e porque considero que ainda me falta uma oportunidade de chegar a um bom clube que não esteja em situação de crise desportiva ou financeira», declarou João Carlos Pereira.

O técnico comunicou ao clube cipriota que não quer renovar contrato, uma vez que «está praticamente alcançado» o objectivo traçado – «escapar à descida de divisão» –, já que o Ermis, a duas jornadas do fim, está quatro pontos acima dos lugares de despromoção.

«O trabalho está feito, as pessoas reconhecem, no Chipre, a qualidade do que foi realizado e estou preparado para enfrentar um novo projecto. Pode ser no Chipre, em Portugal, em qualquer parte do Mundo», disse João Carlos Pereira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.