A formação da casa marcou logo a abrir, aos três minutos, pelo brasileiro Jaílson, mas os vila-condenses lograram dar a volta ao resultado ainda na primeira parte, com tentos de Yazalde, aos 15, e João Tomás, aos 31.

Após o intervalo, o “onze” de Manuel Fernandes logrou, no entanto, voltar ao comando, com um tento do central “canarinho” Valdomiro, aos 55 minutos, e do médio Neca, que começou no banco, aos 63.

Mas, os vila-condenses não desistiram, mesmo após a expulsão de Sidnei (90+1 minutos), e chegaram com justiça à igualdade (90+3), com o “bis” de João Tomás, que estabeleceu o resultado final com um brilhante remate de pé esquerdo.

Com este resultado, os sadinos passaram a contar 13 pontos, enquanto o Rio Ave, que na ronda anterior tinha ganho em casa ao Sporting de Braga por 2-0, soma agora sete, tendo igualado Marítimo e Portimonense.

Na presente edição da prova, este foi apenas o segundo encontro com seis golos, depois da vitória caseira do líder FC Porto, que domingo recebe o campeão Benfica, face à União de Leiria (5-1), a 25 de Outubro, na oitava jornada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.