Na zona de entrevistas rápidas, após o final do encontro, o treinador do Sporting justificou o jogo menos conseguido da sua equipa com o desgaste físico dos jogadores.

«Logicamente que queríamos ganhar, preparámo-nos para isso. Na primeira parte estava  à espera de melhor qualidade de jogo. Sabíamos que o adversário ia ter uma atitude agressiva e que nos ia retirar espaço.

Mas também sabia que vínhamos de uma sequência de jogos com muita intensidade. Mesmo assim tentei gerir o esforço dos jogadores. Mas os jogadores apresentaram-se desgastados. Não notei falta de vontade, mas às vezes tem que ver com a reação do corpo.

Os jogadores queriam superar-se e continuar a ganhar jogos mas não foi possível. Se tivéssemos concretizado a grande penalidade em golo, e com o tempo que faltava para jogar, podíamos ter saído daqui com a vitória», frisou o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.