Jonas está a correr a passos largos para voltar a ser uma das figuras da Primeira Liga. Depois de mostrar a sua veia goleadora na época passada ao marcar 20 golos em 27 jogos pelo Benfica, o avançado brasileiro reentrou na nova época com o pé quente.

Frente ao Nacional (4-1), o avançado de 31 anos "carregou" a equipa às costas por entre o nevoeiro e fez o primeiro hat-trick na Liga, depois de já ter feito o mesmo na época passada frente ao SC Covilhã, para a Taça de Portugal.

Jonas "Pistolas" lidera a lista dos melhores marcadores com 18 golos em apenas 17 partidas, o melhor registo desde 2001/2002. Uma média superior a um golo por jogo e que faz dele o mais mortífero do Benfica nos últimos 25 anos.

Jonas como Jardel e Magnussen

Os números de Jonas aproximam-se de um goleador mortífero que passou por Portugal e que era o terror dos guarda-redes e defesas: Mário Jardel. O "Super Mário" terminou a primeira volta de 2001/2002 com 19 golos pelo Sporting, disparando depois na segunda metade da época para 42 golos, a melhor marca desde Yazalde, que em 1973/74 chegou aos 46 golos, o máximo histórico de golos em Portugal.

Mas para encontrar um goleador com faro tão apurado no Benfica, é preciso recuar ainda mais. Na época 1989/90, o sueco Mats Magnussen terminou a Liga com 33 golos, sendo que já levava 21 marcados no final da primeira volta. De lá para cá, nunca mais um goleador marcou tanto pelo Benfica.

Mais golos que seis equipas da I Liga


Para se ter uma ideia, Jonas tem mais golos que seis equipas da I Liga: Boavista (9), Tondela, União da Madeira (10), Estoril (14), Académica (16) e Nacional (17).

Estes 18 golos colocam o jogador "encarnado" na liderança da Bola de Ouro, (melhores marcadores dos campeonatos europeus) com os mesmos pontos que Aubameyang (Borussia Dortmund) e Higuaín (Nápoles).

Num passado recente, só Jackson Martinez aproxima-se do número de golos que Jonas ao cabo de 17 jornadas. O colombiano do FC Porto tinha 17 tentos em 17 jornadas, mas nessa altura já estávamos na segunda volta, num campeonato com 30 jornadas.

53 por cento dos golos do Benfica passam por Jonas


A influência de Jonas no Benfica desde que chegou a Luz é impressionante. Desde que assinou a custo zero pelos "encarnados", o ex-Valência marcou 38 golos em 44 jogos para a Liga. Esta época, por exemplo, participou em 24 dos 45 golos (53 por cento) dos "encarnados" no campeonato: marcou 18 e fez assistências para seis.

Se continuar com este ritmo, Jonas arrisca-se a terminar a época perto dos 40 golos na Primeira Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.