Para Jonas, o jogo da 30.ª jornada no Estádio da Luz, em que o Benfica perdeu por 1-0 com o FC Porto, marcou a época, que terminou com o triunfo dos azuis e brancos.

"Foi uma pena. Pelo que foi o jogo, o resultado certo seria 0-0 e continuávamos em primeiro lugar. Com o golo que sofremos no fim, com a derrota, perdemos confiança, toda a gente ficou triste. De novo em casa, com o Tondela não jogámos bem e perdemos o Campeonato. O clássico condicionou muito, o resultado mais justo seria o 0-0”, disse o avançado brasileiro em declarações à BTV.

Mesmo estando lesionado na reta final da temporada, tendo falhado quatro encontros, Jonas acabou mesmo por ser o melhor marcador com 34 golos. O ‘pistolas’ explica como tudo aconteceu na manhã do jogo contra o Vitória de Setúbal (29.ª jornada)

“No dia do jogo, acordei mal. Quando saí da cama, senti uma dor muito forte na coluna, na zona lombar. Percebi logo que seria difícil estar em condições de jogar. Foi uma dor terrível. Fiz tratamento, fui para o aquecimento por teimosia minha. Quando saí para correr, vi que não dava mesmo para jogar. Depois, estive três/quatro" semanas sem jogar porque sentia muitas dores. Nas primeiras duas semanas foram só tratamentos, até que fui melhorando e pude ficar disponível para o jogo com o Sporting."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.