O Académica de Coimbra sofreu a segunda goleada consecutiva na I Liga ao perder por 5-0 com o Sporting Braga, em jogo da 14.ª jornada da I Liga. Depois da derrota copiosa em casa frente ao Marítimo na última jornada (5-1), Jorge Costa avisou que não é o Pai Natal, lamentando as “ofertas”, e considerou este “mais um jogo difícil de explicar”.

“Foi mais um jogo atípico, porque acho que não fizemos uma má primeira parte. Sofremos um golo, podíamos ter empatado e depois sofremos mais dois. A supremacia do Braga não foi tão evidente para ganhar por estes números, mas a sua vitória foi justíssima”, analisou.

Jorge Costa considerou que o jogo frente ao Braga tornou “evidentes algumas carências” da equipa e lamentou as facilidades concedidas.

“Estamos numa época natalícia, mas não sou propriamente o Pai Natal. A Académica foi uma equipa de ofertas. Ao contrário do chavão, ainda que bem o campeonato para agora porque é preciso trabalhar, limpar cabeças e urgentemente voltar ao que já fomos. Temos que perceber que não somos uma super equipa, mas já fomos uma boa equipa. Se calhar estivemos com a cabeça noutro local”, criticou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.