Jorge Costa, antigo jogador do FC Porto e atual selecionador do Gabão, continua a acompanhar a atualidade do clube no qual cresceu para o futebol.

O treinador olha para a equipa portista e destaca André André, atualmente a brilhar com as cores portistas, mas que Jorge Costa conhece desde pequeno.

“Andei com ele ao colo, conheci-o quando teria uns cinco,seis anos, porque ia muitas vezes com o pai às Antas. Não o conheço hoje, mas este não engana. É claramente um jogador à Porto. Claro que teve também a felicidade de beber do pai muitos ensinamentos. Essas mensagens são muito importantes, como foram para mim as que me passaram o João Pinto, o Jaime Magalhães, o André, o Lima Pereira, entre outros.”, referiu o antigo jogador numa entrevista ao jorna O Jogo, lembrando ainda que já achava o mesmo quando o via a jogar pelo V. Guimarães.

Sobre a possibilidade de um dia treinar os azuis-e-brancos, Jorge Costa não estranha que o seu nome seja de quando em vez pronunciado pelos adeptos, mas, por agora, assume, que o comando técnico está bem entregue a Lopetegui.

“É natural que falem. Tem a ver com o meu passado, com o que dei ao FC Porto e com o que o clube também me deu. É um orgulho tremendo estar na história do clube que amo desde miúdo. No resto, tudo a seu tempo. Sinceramente, o comando técnico do FC Porto está muito bem entregue”, deixou claro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.