Jorge Jesus comentou a possibilidade de os árbitros fazerem greve e afirmou que é uma medida ‘política’ dentro do desporto. Na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Rio Ave, o técnico reiterou que os jogos só não acontecem sem jogadores.

“Essa medida dos árbitros é mais uma medida política em termos desportivos. Já vi vários colegas que não concordam com essa tomada de decisão. Não tenho opinião concreta. O que é importante é que tomem decisões para que o futebol seja beneficiado. Medidas para beneficiar o futebol estou 100% de acordo. Só não pode haver jogos sem jogadores”.

O treinador do Sporting comentou ainda a intervenção do presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, na Assembleia da República. Para Jorge Jesus, todas as tentativas de melhorar o futebol são do seu agrado e concorda.

“O presidente da Federação tentou melhorar o futebol. Todas as ideias para tentar chamar à atenção a este mundo do futebol são boas. Não são só os jogadores ou treinadores que têm de saber valorizar. Tudo o que seja medidas para um bom futebol eu estou de acordo”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.