No habitual comentário de domingo, Luís Marques Mendes considerou que a contratação de Jesus para o comando técnico do Benfica é ato de "desespero" por parte de Luís Filipe Vieira.

"Serve para desviar atenções de uma época humilhante e disfarçar os problemas judiciais que o Benfica tem, que não são poucos, e que minam a imagem de credibilidade", referiu.

"O Benfica pediu quase de joelhos que Jesus voltasse", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.