O músico José Cid acusa a candidatura de Luís Filipe Vieira de ter usurpado o seu nome, ao incluí-lo na comissão de honra.

Fonte da candidatura do presidente do Benfica garante que o cantor figurou na comissão de honra porque o seu agente deu consentimento, mas Cid garante que não está na comissão e fala em "usurpação do nome".

“Não tenho agente”, assegurou o vencedor do Festival da Canção de 1980, em declarações ao jornal Record.

José Cid deixa ainda críticas à gestão de Vieira neste mercado de transferências. “O Benfica parece um mercado de importação e exportação de jogadores. Saiu agora o melhor marcador do campeonato, o Vinícius: 3 milhões de euros até o Cantanhede FC pagava”, disse.

Questionado sobre o candidato em que votaria nas eleições de 30 de outubro, o músico optou por fazer uma sugestão: “Eu punha lá o Moniz e a sua mulher, Manuela Moura Guedes. Já mostraram que sabem gerir empresas e organizações.”

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.