José Mota, treinador do Gil Vicente, lamentou a fraca exibição da sua equipa na receção ao Benfica, que terminou com uma vitória dos "encarnados" por 0-5. Ainda assim, o técnico deu os parabéns ao adversário e à equipa de arbitragem liderada por João Capela.

"O Benfica entrou muito forte. Estávamos preparados, já é normal. Deveríamos saber controlar, ser mais agressivos na nossa zona do meio-campo, ser mais faltosos, uma equipa mais unida. O Benfica jogou à vontade, sem grande agressividade por parte dos nossos jogadores", disse José Mota depois do jogo.

"Foi um arrastar de erros. O Benfica está de parabéns e também a equipa de arbitragem", acrescentou, salientando também a diferença entre as duas equipas: "Sabemos da diferença do Benfica para o Gil. Sabemos o lugar que ocupamos. As diferenças são muitas. Temos de ser realistas, encarar o jogo de uma forma diferente, ser mais humildes e perceber que ainda temos muita coisa a ganhar neste campeonato".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.