O treinador do Feirense, José Mota, assegurou hoje que a sua equipa tem capacidade para se impor na visita ao Marítimo, na segunda-feira, em jogo da 14.ª jornada da I Liga de futebol.

"O Marítimo não é um adversário fácil, no seu terreno costuma fazer bons resultados. É uma equipa forte, mas temos capacidade para nos impormos e vencer o jogo. Acima de tudo temos de ser concentrados e determinados e saber gerir o jogo a nosso favor", afirmou.

José Mota disse esperar um adversário difícil, mas quer inverter a série de resultados negativos depois da derrota sofrida em casa com o FC Porto (4-0).

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com os insulares, José Mota assumiu que, mais do que jogar bom futebol, pretende pontuar diante do Marítimo.

"Não há jogos melhores nem piores para regressar às vitórias, temos é de realizá-los. A nossa intenção é fazer um bom jogo, mas o mais importante é ganhar para voltarmos a pontuar e subirmos na classificação. De nada nos adianta jogarmos bem se não acertarmos na baliza adversário. A minha equipa está preparada para o jogo e certamente que vai fazer tudo para vencer", referiu.

Apesar da ambição e da confiança no potencial dos seus jogadores, José Mota atribuiu o favoritismo ao Marítimo, por jogar no seu terreno.

O Feirense ocupa o 17.º e penúltimo lugar, com 17 pontos, e visita o Marítimo, nono com 17, na segunda-feira, a partir das 17:30, sob arbitragem de Manuel Mota, da associação de Braga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.