O FC Porto deu hoje um passo de gigante para a final da Taça de Portugal, ao vencer o Gil Vicente por 3-0 na primeira mão das meias-finais.

No flash-interview da SportTV, o técnico portista realçou a justiça do triunfo. "Para vencer tínhamos de fazer um bom jogo, conhecíamos a força do Gil em casa. 3-0 é um resultado justo, num jogo com momentos difíceis que tornámos fáceis. Entretanto temos a segunda mão e estamos conscientes de que há mais um jogo antes de chegar à final. Cada jogo é um jogo, estamos satisfeitos, com a exigência e profissionalismo que aplicámos no jogo", frisou.

Sobre a nova disposição tática, Peseiro evitou falar do passado de Julen Lopetegui: "Ganhar é importante para cimentar o processo, sabemos que temos coisas para fazer e melhorar, mas temos um grupo de qualidade e potencial que quer fazer bem as coisas. Não quero fazer comparações com o passado. Chegámos à baliza com quem era necessário, expusemo-nos à transição do Gil, com gente a menos na cobertura, mas são coisas que teremos de melhorar. Mas realço a vontade de fazer golos e colocar gente dentro da área".

Por fim, o treinador lamentou a lesão de Suk. "Não posso adiantar nada, mas espero que não seja grave", sentenciou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.