A I Liga regressa no próximo dia 3 de junho, debaixo de fortes medidas de segurança e de higiene devido à pandemia de COVID-19, que obrigou a competição a parar no passado dia 12 de março. 87 dias desde a última vez que a bola rolou, os jogadores regressam aos relvados, mas vão encontrar bancadas despidas. Isto porque todos os jogos serão realizados à porta fechada, até ao final da prova esta época.

Este artigo pertence ao Especial Regresso da I Liga. Veja mais artigos

O SAPO Desporto foi à procura dos grandes adeptos dos clubes da Primeira Liga que agora se vêem privados de apoiar o clube do seu coração ao vivo nos respetivos estádios, de forma a saber como estão a planear viver os restantes nove jogos que os seus emblemas têm em falta.

Júlio Silva, adepto fervoroso do Moreirense, não vai poder ocupar o seu lugar cativo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, na vila de Moreira de Cónegos, como habitualmente o fazia, prometendo que vai ser mais forte do que o seu lado irracional, a sua vontade de apoiar a equipa.

SAPO Desporto -  Onde vai ver os jogos da I Liga?

Júlio Silva - Vou ver em casa. Na impossibilidade de assistir no estádio, e face às contingências atuais, com muita pena minha mas terá mesmo de ser em casa.

SD -  Está a pensar ir até ao estádio, mesmo não podendo entrar, para apoiar o seu clube?

JS - O lado irracional de adepto leva-nos a querer mostrar o nosso apoio na chegada da equipa ao estádio, leva-nos a querer estar lá nesse momento, e esta forma de incentivo à equipa até algumas vezes em cada época, mas isso iria criar aglomerados de pessoas. As últimas notícias dizem-nos que as autoridades vão estar atentas a estes movimentos. Com muita pena minha, mas uma vez que não poderei entrar, não irei até ao estádio.

SD -  Concorda com o regresso da I Liga ou o campeonato já deveria ter sido suspenso?

JS - Na minha opinião deveria ter sido suspenso. O mais importante do futebol são os adeptos, e o futebol deve (ou devia) ser sempre trabalhado na ótica do adepto. Então, se os adeptos não podem estar presentes, o jogo não se deve realizar. Um jogo de futebol é muito mais que as duas equipas a correrem atrás da bola durante os 90 minutos, há uma envolvência criada pelas massas associativas que não vai existir e, desta forma, vamos assistir a decisões importantes do campeonato em jogos que se vão assemelhar aos jogos de pré-época sem adeptos e sem emoção. Sabemos que, atualmente, o futebol está diferente e dependente de contratos publicitários e de transmissões televisivas que tanto ouvimos falar, o que "obriga" o campeonato a terminar desta forma. Contudo vamos ter jogos quase todos dias que vão acabar por tornar-se repetitivos, isto porque vai faltar a parte da emoção, dos adeptos a deslocarem-se, dos ambientes horas antes dos jogos, das palmas, dos cânticos, dos assobios, dos gritos de golo, etc., o que tornará os jogos enfadonhos e sem graça.

SD -  Não podendo ir ao estádio, de que é que mais vai sentir falta?

JS - De tudo o que envolve um jogo, desde a chegada ao estádio com o sentimento de ansiedade que se sente logo nos tourniquets de entrada, dos cânticos de apoio entoados pelos adeptos, de pegar na camisola e cachecol, dos festejos de golos conjuntos, da sintonia com a equipa no final dos jogos... E tudo mais. Um jogo de futebol é isso mesmo para nós adeptos, ansiedade, emoção, paixão, festejos, etc... Mas tudo isto só faz sentido em conjunto e no estádio, não em casa.

SD - Tem alguma tradição ou ritual para ver a bola que agora não possa fazer?

JS - A tradição é deslocar-me até ao estádio para assistir aos jogos e agora não o poderei fazer. Saber que a nossa equipa está a jogar aqui ao lado e que nós não podemos estar a lá a apoiar vai ser realmente estranho.

SD - Que sugestão deixa aos restantes adeptos? Quer propor algum ritual para os dias de jogos?

JS - A sugestão que deixo é que sejamos todos responsáveis para que muito em breve possamos estar todos de volta à nossa segunda casa, a cantar e a apoiar o nosso Moreirense. Não podemos ir ao estádio mas podemos continuar a equipar-nos a rigor. Vamos aproveitar os dias de jogos para vestirmos as nossas camisolas do Moreirense e andarmos pela nossa Vila a respirar Moreirense... A equipa sentirá o apoio!

Veja mais artigos do Especial Regresso da Primeira Liga

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.