A leitura do acórdão do processo em que Vale e Azevedo é acusado de apropriação de verbas do Benfica, branqueamento de capitais, falsificação de documento e abuso de confiança foi marcada hoje para 2 de julho.

A data foi comunicada após a sessão de hoje do julgamento, que foi preenchida com as alegações finais, com o Ministério Público e o advogado do Benfica a pedirem a a condenação e a advogada de Vale e Azevedo a considerar que não foi «produzida a prova suficiente para a acusação».

Em causa neste processo estão as transferências dos futebolistas britânicos Gary Charles e Scott Minto, do brasileiro Amaral e do marroquino Tahar El Khalej.

Ausente desta sessão de julgamento, Vale e Azevedo está a cumprir pena de prisão no Estabelecimento Prisional da Carregueira, em Belas (Sintra).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.