Rui Vitória está de ´pedra e cal` no comando técnico do Benfica. Luís Filipe Vieira garante que o técnico é para continuar já que "é o treinador que melhor compreende o projeto do Benfica". O líder ´encarnado` não entende as críticas ao técnico.

"Têm-se falado de maneira tão leviana do nosso treinador.... Acho que deviam ter um pouco mais de respeito por ele. Ao fim ao cabo, foi um treinador que chegou ao nosso clube e toda a gente sabe o que se passou, ganhou Taças de Portugal, campeonatos, levou-nos longe na Liga dos Campeões. E quero reafirmar: é o treinador que escolhi, é o treinador do Benfica e vai continuar a ser. Ele é o treinador que melhor compreende o projeto do Benfica e merece sempre um grande apoio", sublinhou Vieira, num discurso, durante a inauguração das novas instalações das Casas do Benfica da Covilhã e de Tortosendo.

O presidente dos ´encarnados` não concorda com as críticas à equipa e ao treinador, numa altura em que o Benfica está a três pontos da liderança, apesar de já estar fora das provas da UEFA.

"É verdade, temos uma tendência para o suicídio. Começámos a época a ganhar a Supertaça depois de termos vencido a Taça de Portugal. Também é verdade que não fizemos uma Champions à medida do Benfica. Mas estávamos todos em sintonia e de um momento para o outro parece que estamos a colocar tudo em causa. O Benfica nunca perde. Por vezes, não ganha. Mas não há ninguém que seja infalível ou invencível. Acredito que vamos ser penta e acredito no trabalho diário. Está para breve que o Benfica comece a formar a sua equipa com jovens do Seixal. São eles que podem dar identidade ao Benfica para que, no futuro, consigamos ser campeões europeus", garantiu.

Já esta tarde, Vieira tinha pedido aos benfiquistas para não andarem de cabeça baixa e que se orgulhassem dos êxitos recentes do clube.

"Nenhum de nós pode andar com a cabeça baixa. Devemos ter bastante orgulho naquilo que fizemos nos últimos anos. A obra está à vista. Quando desportivamente as coisas não correrem como queremos que aconteçam, é importante estarmos todos juntos e que sintam orgulho naquilo que fizemos. Quando desportivamente as coisas não correrem como queremos que aconteçam, é importante estarmos todos juntos e que sintam orgulho naquilo que fizemos", apelou o dirigente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.