O Sporting de Braga empatou hoje 1-1 no terreno do Arouca, em jogo da sétima jornada da I Liga de futebol, e desperdiçou a oportunidade de continuar ‘colado’ a FC Porto e Sporting na perseguição ao Benfica.

Pedro Santos, aos 48, deu vantagem à equipa bracarense no Estádio Municipal de Arouca, mas os minhotos consentiram um golo a Walter González, aos 85, e deixaram escapar aquela que seria segunda vitória seguida no campeonato, após a derrota a meio da semana com o Shakhtar Donetsk (1-0), na Liga Europa.

"O jogo foi bem disputado. Dividimos os pontos, mas estivemos sempre muito mais próximos de vencer, em termos de oportunidades. O mais importante é, aos poucos, ir somando pontos e ganharmos confiança. Irmos aproximando-nos daquilo que é a nossa identidade. Em determinados momentos tivemos bom futebol. Era melhor termos feito os três pontos, mas faltou-nos eficácia. Até pela nossa posição na tabela teria sido melhor somar os três pontos, mas jogámos contra um adversário forte. É importante irmos ganhando confiança", afirmou o técnico do Arouca

"Quando são as equipas pequenas a usar estratégias para demorar o jogo é antijogo, quando são as mais fortes é inteligência. É assim que se vai mascarando algumas questões. Queríamos vencer, mas é importante termos somado um ponto", acrescentou Lito Vidigal.

O Braga conservou o quarto lugar, com 14 pontos, menos dois do que o FC Porto (2.º) e o Sporting (3º) e a cinco de distância do líder, o Benfica, enquanto o Arouca, que somou o seu primeiro ponto após três derrotas sucessivass, segue em 16.º e antepenúltimo lugar, com cinco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.