Luís Duque, atual presidente, e Pedro Proença, antigo árbitro internacional, disputam esta terça-feira a liderança da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), num ato eleitoral que vai decorrer na sede do organismo, no Porto.

Luís Duque, da lista A, apresenta-se com candidatos a todos os órgãos, com José Mendes a manter-se como candidato à presidência da Mesa da Assembleia-Geral, sendo Carlos Pinto de Carvalho a encabeçar o Conselho Fiscal e Ricardo Guedes Costa o Conselho Jurisdicional.

Por seu turno, Pedro Proença, da lista B, apenas apresentará lista ao Conselho Jurisdicional, liderado por Américo Pires Esteves.

Eleito a 27 de novembro de 2014, para suceder a Mário Figueiredo, Luís Duque ocupava o cargo de presidente há menos de oito meses, mas a alteração de estatutos aprovada a 7 de julho imprimiu mudanças na estrutura da direção do organismo e motivou a realização de eleições.

A nova direção passa a incluir um presidente da Liga, cinco vogais em representação dos clubes da I Liga, três vogais em representação dos clubes da II Liga e um membro da direção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A Assembleia-Geral ordinária da LPFP, que é composta pelos 37 clubes que disputam a I e II Liga, está agendada para as 14h30.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.