O Benfica deu a conhecer o orçamento para a época de 2020/2021, tendo já em conta o impacto da pandemia, levando a uma previsão de menos 20% de receitas para as águias.

Ainda assim, Luís Filipe Vieira, na mensagem publicada no documento, garante que a aposta nas modalidades é para manter.

"Na realidade, num contexto potencial adverso, conseguimos definir uma estratégia que nos permitirá manter a nossa aposta no ecletismo, sem comprometer a sustentabilidade do Benfica", escreveu.

O líder do Benfica considerou ainda que as 'águias' estavam no caminho para um "ano histórico tanto as diversas modalidades de pavilhão, como nos escalões mais jovens, no desporto feminino e no projeto olímpico".

"E tudo isto, sem comprometer as nossas contas. Aliás, se olharem para a nossa previsão de fecho de exercício verão que, mesmo com o impacto da pandemia, apontamos para um dos melhores anos de sempre. Esta base sólida do nosso balanço, aliada a uma aposta séria na nossa formação, à existência de plantéis estáveis e de equipas técnicas de gabarito reconhecido, permitem encarar o próximo ano com renovada confiança", disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.