Luís Filipe Vieira assegurou que não se irá voltar à presidência do Benfica, apesar de ter a convição de que ganharia as eleições, se estas

"Nunca mais voltarei a ser presidente do Benfica. Para ajudar estou disponível. Agora mais novo, até estou bronzeado. Tenho tempo para tudo. Em 19 anos só em dois anos tive férias. O resto trabalhei como um escravo. Sei o que fiz pelo Benfica, o que dei. Os sócios gostavam de mim. O que se passou em Leiria não reflete a realidade. O Benfica perdeu e as pessoas julgaram que eu é que fiz aquelas aquisições, Meités, por causa das comissões. É ponto assente que não voltarei a ser presidente".

Ganhar as eleições?

"Nem que Cristo desça à terra volto a ser presidente. Nunca mais! Posso ajudar no que o Benfica precisar e quiser, mas presidente? Nunca mais. As pessoas têm memória curta, esquecem-se que, em 19 anos, só em dois tive férias. Nos restantes trabalhei como um escravo, já dei o meu contributo ao Benfica e está à vista de todoo. Não mudo de opinião. Não vou. O que se passou comigo, não posso esquecer o que fiz passar o meu filho, não posso esquecer. Se fossem amanhã as eleições? Tenho a convicção é que ganhava as eleições. Sei o que se passa na rua, como as pessoas falam comigo."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.