Em declarações à Agência Lusa, Macedo da Silva revelou estarem a ser recolhidas as assinaturas necessárias (300) para apresentar a sua candidatura, mas frisou que só quarta-feira é que tomará uma decisão final.

“Ainda vou dormir hoje sobre o assunto e amanhã (quarta feira) comunicarei a minha decisão”, afirmou.

O ainda presidente, contudo, revelou que já tem “a lista completa”, continuando na sua equipa os “vices” Paulo Pereira e Alberto Oliveira e entrando Luciano Baltar (um regresso) e Júlio Mendes, antigo vereador da câmara vimaranense.

Nota ainda para o vice-presidente da área financeira, João Cardoso, ser o nome proposto por Macedo da Silva para presidir à mesa da Assembleia Geral do Vitória de Guimarães.

Quarta-feira, pelas 12:00, o empresário Manuel Pinto Brasil vai formalizar a sua candidatura na sede do clube.

Num comunicado enviado às redacções, destacam-se da lista apresentada os nomes de Luís Cirilo (antigo dirigente do clube no tempo de Pimenta Machado e ex-governador civil de Braga), para a vice-presidência do futebol, e de Dias Pereira, responsável pelo futebol juvenil do Vitória até há pouco tempo, para “braço direito” de Pinto Brasil.

Pimenta Machado, que segunda feira esteve na sede do clube a inteirar-se das contas, reservou para quarta ou quinta feira uma decisão sobre se avança ou não, tendo, então, referido que existem 75 por cento de hipóteses de se candidatar ao cargo que ocupou durante 24 anos.

O actual presidente da AG, Pedro Xavier, também mostrou vontade em candidatar-se, mas apenas se conseguisse reunir apoios financeiros. A Lusa tentou hoje ouvir o dirigente, mas sem sucesso.

As eleições do Vitória de Guimarães, oitavo classificado da Liga de futebol, realizam-se a 20 de Março.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.