O avançado Maranhão contraiu uma nova lesão muscular e vai parar durante três semanas, enquanto Pedro Mendes e João Alves já estão aptos, informou esta segunda-feira o Vitória de Guimarães, 14º classificado da Liga de futebol.

O Vitória de Guimarães regressou hoje aos trabalhos depois de no domingo ter conseguido um suado triunfo diante do Moura (2-1, após prolongamento), da II divisão, na Taça de Portugal, tendo em vista o jogo da oitava jornada, diante do Olhanense, no Algarve.

Numa nota no sítio oficial na Internet, o clube revelou que a contusão sofrida por Maranhão frente dos alentejanos, que o obrigou a ser substituído logo aos 17 minutos, é «uma lesão muscular na coxa direita» que o vai obrigar a parar «nas próximas três semanas».

O brasileiro já tinha contraído uma lesão muscular na coxa direita na véspera do arranque do campeonato, que o afastou da competição durante mais de um mês.

Em sentido contrário, Pedro Mendes, João Alves e Defendi foram dados como clinicamente aptos pelo departamento médico e podem ser opção para o treinador Rui Vitória.

Urreta e Paulo Sérgio estão na reta final da sua recuperação física devendo integrar os treinos, sem limitações, a partir da próxima semana.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.