Uma das razões que o Sporting alegou no rescisão por justa causa no contrato com Marco Silva terá sido a não utilização do fato oficial do clube numa das eliminatórias da Taça de Portugal, nomeadamente no jogo com o Vizela.

Outro motivo alegado pelo emblema de Alvalade terá sido a ausência do treinador numa reunião alegadamente marcada pelo clube, na passada terça-feira.

Agora, Marco Silva tem dez dias para se defender.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.