O internacional uruguaio admitiu esta sexta-feira pela primeira vez ter uma proposta do FC Porto em cima da mesa de negociações, mas garantiu que ainda não decidiu o seu futuro apesar das constantes notícias que o colocam no plantel de Julen Lopetegui na próxima época.

"Está complicado continuar no Benfica. Continuo a discutir com a minha família e o mais importante é que ela esteja bem. Também há o fator económico em que tenho de pensar", começou por dizer Maxi Pereira à imprensa uruguaia.

"Tem-se falado no FC Porto e há essa opção, mas ainda não decidimos. Como já disse, quero o melhor para a minha família", acrescentou o lateral direito uruguaio.

No entanto, o jogador de 31 anos admite que a sua prioridade passa por continuar a jogar em Portugal apesar da possibilidade de regressar ao Uruguai.

"Regressar ao Uruguai? Creio que não. Tenho a opção de ficar lá e a minha prioridade é essa", atirou o antigo jogador do Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.