Dunga afirmou que Otávio quase perdeu a oportunidade de jogar futebol devido à ‘fast food’. Em entrevista ao jornal ‘O Jogo’, o antigo selecionador do Brasil confidenciou episódios de quando orientou o jogador no Internacional. Um raspanete mudou quase tudo para o médio.

“Recordo-me bem do que lhe disse: ou mudava de comportamento ou então estava acabado para o futebol. Abusava do McDonald’s, da ‘fast food’ e isso tinha repercussões no seu rendimento em campo. Otávio, no seu jeito de menino, ouviu com atenção e passou a ter mais cuidado com a alimentação. O seu corpo era o seu instrumento de trabalho, a sua empresa, o seu motor. Ele entendeu bem a minha mensagem”.

Apesar desse episódio caricato, Dunga traz boas memórias do jogador do FC Porto. Para o antigo selecionador, Otávio merece todos os elogios e está numa boa equipa para se afirmar. A seleção brasileira está ao seu alcance e pode chegar num futuro próximo.

"Ganhou maturidade e dimensão para ingressar num clube como o FC Porto. Tudo o que conseguiu na vida foi graças ao seu suor e agora está a colher os frutos do seu trabalho. Otávio tem um talento enorme e pode chegar à seleção, não tenho a mínima dúvida disso. Tudo vai depender dele, de continuar a seguir um caminho correto”.

Otávio está em plena afirmação no FC Porto depois de ter estado uma temporada emprestado ao Vitória de Guimarães. O antigo jogador do Internacional do Brasil, tem sido um dos jogadores mais utilizados por Nuno Espírito Santo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.