O Boavista, com dois golos na primeira parte, venceu hoje o Nacional por 2-0, em jogo da 15.ª jornada da I Liga de futebol, disputado no Funchal.

Um golo do azeri Emin Makhmudov, logo aos 11 minutos, conferiu vantagem à equipa 'azadrezada', formação que foi para o intervalo já a vencer por 2-0, depois do tento de Renato Santos, aos 32.

"O plano passava por fazer pressão alta, aproveitar o fator vento e tentar intranquilizar ao máximo o Nacional. O golo deu tranquilidade e dificultou a tarefa do Nacional. Fizemos o segundo e isso deu-nos ainda mais tranquilidade. Na segunda parte podíamos ter feito o 3-0 e matávamos o jogo», analisou, em declarações à Sport TV, salientando que do outro lado estava «uma grande equipa e bem orientada", afirmou Miguel Leal em declarações à Sport TV.

"Se o gato tem sete vidas, a pantera tem 14. Vamos continuar a crescer e voltar a ser o que éramos. Este clube tem muita força e vai voltar a ser grande", acrescentou Miguel Leal.

Com esta vitória, o Boavista saltou para um tranquilo nono lugar na prova, agora com 17 pontos, enquanto o Nacional arrisca-se a ficar na zona de descida, sendo 15.º com 11 pontos, mas pode ainda descer mais posições no fecho da ronda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.