O extremo português do Paços de Ferreira, Diogo Jota, levou à Mata Real no passado sábado um emissário do Mónaco para assistir ao jogo da 15ª jornada contra o Belenenses.

Segundo adianta o jornal A Bola de hoje, o emblema monegasco enviou um emissário para assistir ao jogo entre Paços de Ferreira e Belenenses quando havia um 'clássico' do futebol português em Alvalade ou um Vitória de Guimarães - Benfica no Estádio D. Afonso Henriques.

O Mónaco tem uma política de prospeção de novos talentos nos campeonatos europeus, e Diogo Jota é um dos alvos da formação comandada por Leonardo Jardim.

Refira-se, no entanto, que o médio/extremo de 19 anos é representado por Jorge Mendes, empresário que já levou para o Mónaco vários jogadores num passado recente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.