Estava, deixou de estar e voltou a ficar. Agora sim, depois de ter visto o Famalicão dar a reviravolta na Madeira e voltar a ver os famalicenses a sofrerem o empate, o Rio Ave está na Liga Europa. Venceu o Boavista por 2-0 graças a um bis de Taremi e beneficiou do empate do Famalicão na visita ao Marítimo.

O Rio Ave entrava em campo no Bessa obrigado a vencer para ter oportunidade de ocupar o último lugar no comboio europeu, mas não dependia tudo de si. A equipa de Vila do Conde precisava que o Famalicão deslizasse na visita à Madeira para conseguir o 5.º lugar.

Os visitantes precisavam da vitória, mas foram as panteras a criar as primeiras oportunidades de perigo, obrigando Kieszek, guardião do Rio Ave, a uma defesa a dois tempos, após remate de Sauer aos 11 minutos.

Depois do aviso, o Rio Ave respondeu e alcançou o golo pelo suspeito do costume. Cruzamento da direita de Piazon, o remate de Diogo Lopes embate num adversário e na recarga Mehdi Taremi, aos 17 minutos, fez o seu 17.º golo na Primeira Liga, igualando-o com Paulinho (SC Braga) e Carlos Vinícius (SL Benfica).

Com o golo, o Rio Ave passava virtualmente para o 5.º lugar, graças ao Famalicão que ia perdendo na altura frente ao Marítimo.

Taremi ficou perto de ver a sua conta pessoal aumentar aos 27 minutos, quando após passe de Nuno Santos, obrigou à intervenção atenta de Helton Leite.

A partida chegava ao intervalo e o golo de Taremi ia valendo o 5.º lugar à equipa de Carlos Carvalhal, que com o empate que o Famalicão entretanto alcançou, tinha a Europa ali tão perto.

A partida recomeçada e sem marcar o Rio Ave ficava ainda mais perto da Liga Europa, com as notícias chegadas da Madeira de novo golo do Marítimo que voltava a colocar o Famalicão a perder.

O Boavista esteve perto do empate aos 61 minutos, quando o remate de Sauer foi defendido por Borevkovic que fez de guardião e evitou o golo dos axadrezados.

Aos 84, Taremi voltou a marcar e praticamente fechou o jogo a favor dos vila-condenses. Com este golo o iraniano igualou Pizzi no topo da lista de melhores marcadores, com 18 golos esta época.

Tão perto da Europa... mas tão longe. Em quatro minutos, o Famalicão deu a reviravolta ao marcador e recolocou o Famalicão na Liga Europa, atirando os vila-condenses de novo para o 6.º lugar.

Mas... a festa foi mesmo feita no Bessa, quando o golo do Marítimo deu o bilhete europeu ao Rio Ave.

Com a vitória no Bessa e o empate do Famalicão, o Rio Ave dá a reviravolta na classificação e termina a época no 5.º lugar, igualando a melhor classificação do clube, alcançada em 2017/2018 e somando o maior número de pontos da sua história, somando 55 pontos na Primeira Liga 2019/2020.

Além disso garante a quarta presença da sua história na Liga Europa, depois de 2014/2015, 2016/2017 e 2018/2019.

Já o Boavista completa a época no 12.º lugar, com 39 pontos, os mesmos que Marítimo e Paços de Ferreira.

Veja o resumo da partida

*Artigo atualizado ás 22h14

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.