O Nacional regressou hoje aos triunfos na Liga portuguesa de futebol, depois de quatro jogos sem ganhar, ao receber e bater o Portimonense por 3-1, em encontro da sétima jornada da prova.
O Portimonense apresentou-se na Choupana com um esquema táctico muito cauteloso e com o propósito de surpreender os madeirenses utilizando a rapidez no contra-ataque.
O Nacional actuou em 4x1x3x2, com a clara intenção de assumir o jogo, mas as dificuldades em penetrar no último reduto dos algarvios foram uma constante e só de bola parada os madeirenses levaram perigo à baliza de Ventura, com destaque para um livre de Claudemir, aos dois minutos.
O domínio territorial dos “alvinegros” foi notório na primeira meia hora, mas a partir de então o conjunto de Portimão soltou-se e começou a criar perigo.
Jumisse deu dois claros avisos, aos 24 e 25 minutos, mas o guarda-redes nacionalista opôs-se bem à segunda tentativa, já que na primeira a bola passou a escassos centímetros da baliza.
Aos 32 minutos, o Portimonense marcou, por intermédio de Jumisse, a passe de Elias, num lance rápido que enganou a defesa madeirense.
Mas, dois minutos volvidos, o Nacional empatou: Claudemir, chamado à cobrança de um livre, não deu hipóteses a Ventura, com um remate preciso e indefensável.
Ainda antes do intervalo, Edgar Costa perdeu uma boa oportunidade, num remate desferido sobre a direita do ataque, com Ventura a opor-se com uma defesa aparatosa.
Na segunda parte, os algarvios surgiram mais soltos no terreno e o jogo passou a ser mais interessante.
Aos 67 minutos, Edgar Costa libertou-se de um adversário, ganhou posição de remate e obrigou Ventura a uma defesa apertada.
Da ameaça, o avançado do Nacional passou à acção e, aos 74 minutos, voltou a ensaiar o remate de meia distância, batendo Ventura pela segunda vez no jogo.
Aos 84 minutos, Elias cometeu falta sobre Orlando Sá na área. O árbitro assinalou prontamente a grande penalidade, que Claudemir concretizou com remate forte e colocado, batendo Ventura e estabelecendo o resultado final.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.