O técnico considera que a ida de Villas-Boas para o Chelsea é mais uma prova da qualidade dos treinadores portugueses.

«Não fiquei surpreendido, assim como também não ficaria se o Domingos saísse para um clube estrangeiro. A qualidade dos treinadores portugueses ficou demonstrada na Liga Europa e é esse o foco do mercado estrangeiro», revelou o técnico encarnado, à margem da acção de formação UEFA PRO.

Jorge Jesus revelou ainda que existiu sempre um respeito mútuo entre si e o antigo treinador do FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.