Depois de conceder três golos e consequentemente um empate, Jorge Jesus não estava feliz com as facilidades consentidas pelo reduto mais recuado dos encarnados, mas realçou que é também para afinar estes processos que servem os jogos de pré-época.

“Não fomos tão fortes defensivamente, mas estes são jogos para nos adaptarmos e para crescermos. Quisemos pôr toda a gente a jogar e pagámos com algum desacerto defensivo.”

Jesus lamentou a lesão de Fábio Faria e quanto a reforços preferiu colocar o enfoque nos “mundialistas” que estão para chegar.

“Temos cinco reforços a chegar, mas os que cá estão já têm dado respostas muito boas”, terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.