Nuno, guarda-redes do FC Porto, foi a voz de desagrado dos Dragões e mostrou a sua indignação pelas penalizações a que o clube foi sujeito ontem pela Comissão Disciplinar no âmbito do caso Túnel da Luz, de 20 de Dezembro de 2009.

"A última vez que aqui estivemos, como hoje aqui estamos, trazíamos um sentimento de alegria e honra de cumprimento porque tínhamos conquistado o tetracampeonato. Infelizmente hoje estamos aqui e não podemos estar iguais", afirmou Nuno Espírito Santo.

Hulk e Sapunaru foram castigados por 4 e 6 meses, respectivamente, e o FC Porto pretende recorrer da decisão da Comissão Disciplinar: "Estamos indignados e revoltados com as ocorrências do futebol português. Magoa o Hulk e o Sapunaru, que não esta aqui hoje, e nós queremos manifestar a nossa solidariedade para com eles".

Mas Nuno garantiu que há nada nem ninguém que arranque a garra dos tetracampeões nacionais: "Não há ninguém que nos vá tirar o rumo, que nos vai fazer desistir do nosso objectivo. Somos tetracampeoes e merecemos respeito por aquilo que conquistámos. Juntos e sempre juntos vamos voltar a ganhar. Não há injustiça nenhuma que nos tire a união. Estamos cada vez mais unidos”.

Para rematar, o guardião portista quis deixar uma mensagem de sossego aos adeptos azuis e brancos: "Continuaremos a ser FC Porto, unido, e vamos ganhar. Sempre e cada dia mais".

A conferência de imprensa seria de antevisão ao jogo que se realiza amanhã, frente ao Sporting de Braga, sendo substituída por uma manifestação de desagrado por parte dos elementos do clube da cidade do Porto.

O FC Porto recebe amanhã o Sporting de Braga em jogo da 20ª jornada da Liga de futebol, com início às 20:15 e será arbitrado por Olegário Benquerença.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.